A nossa História

Em nome do amor.

Em 1813, José Iria Carvalhal um comerciante empreendedor, proprietário de uma pequena fábrica de chocolate e torrefação de café na cidade do Porto, chamou ao seu novo estabelecimento Casa Christina em honra de sua esposa, SrªD.Christina Ribeiro. Estava dado o primeiro passo para uma marca de café carregada de paixão chamada CHRISTINA.

Uma cidade apaixonada.

Até ao final do Sec.XIX, a Casa Christina, então gerida pelo casal Rosa Guilhermina Carvalho e Augusto de Carvalho, imprime um tal ritmo de desenvolvimento à produção e venda de cafés e chocolates que faz da “Casa Christina” um dos mais prestigiados estabelecimentos na cidade Invicta.

Em 1920, no esplendor da Belle Époque, Victor H. França adquire todos os direitos sobre a marca. A Casa Christina expande-se, adquire novos e inovadores equipamentos de torrefação de café e transfere a sede da empresa para a Rua Sá da Bandeira – o coração do Porto.

A guerra.

Era 1939, a Europa começava a II Guerra Mundial. Neste ano, com a morte de Victor H. França, sucedem-lhe a esposa e o sobrinho na direção da empresa. Em 1942, o pacto da firma é reformulado, constituindo-se uma sociedade, na qual entraram a participar o consagrado escritor Heitor Campos Monteiro e o comerciante Manuel Almeida, assumindo este a gerência.

A marca CHRISTINA resiste às limitações que uma guerra impõe ao comércio e em 1954, procede-se à primeira remodelação do estabelecimento, onde ainda funcionavam a torrefação, o armazém e a expedição dos cafés CHRISTINA, chocolates e outros produtos. A marca consolida-se e alarga a sua presença ao norte do país.

Os anos 80.
A chegada da Nestlé.

Para responder ao grande desenvolvimento das vendas à indústria hoteleira, Dias Pinheiro, que assume a gerência em 1967, manda construir um edifício, na Rua Engenheiro Ferreira Dias, onde instala uma nova unidade fabril e os setores administrativo e comercial da empresa. No ano de 1981, Manuel Dias procede à segunda remodelação da Casa Christina.

Em 1987, a Casa Christina passa para a propriedade da Nestlé Portugal, que procede em 1996 à terceira remodelação do estabelecimento, mantendo o seu traçado original. Tendo sobrevivido a invasões, revoluções liberais, ascensão e queda de Napoleão, duas guerras mundiais, crises económicas portuguesas, a marca de cafés Christina tem orgulho em ter uma história com mais de dois séculos, tendo sempre seguido a honesta divisa do seu fundador: “Produzir cada vez melhor”.

CHRISTINA. Um novo século.
Mais vitalidade.

Em 2004, a marca CHRISTINA comemora o seu bicentenário, uma efeméride dificilmente alcançável por qualquer marca. Modernizados e sustentados no seu classicismo, são uma das mais antigas de todo o portfólio mundial de marcas da Nestlé.

Oito anos mais tarde, a marca aposta na renovação da sua imagem, e muda de uma assinatura mais racional “sabor de experiência feito” para uma assinatura mais emocional e virada para o consumidor “Uma paixão de gerações”. Uma paixão que está bem visível no seu modelo de negócio, na sua relação com os seus clientes, na sua gama de produtos e na sua aposta em novas experiências no mundo do café.

A missão CHRISTINA

Transporta consigo a missão de renovação contínua.

Uma atitude de constante atualização que faz renascer todos os dias nos nossos consumidores uma paixão, que atravessa várias gerações. CHRISTINA é uma marca charmosa, cativante e sofisticada. Valores que apreciam, sem arrogância, e que estão presentes em cada chávena dos seus cafés. Desde 1804 que traça este rumo. Um rumo apaixonante. CHRISTINA.

Uma paixão de gerações.